BR  |   US

SOC: o que é, importância e como montar na sua empresa

Female hacker with her team of cyber terrorists making a dangerous virus to attack the government.

Com o aumento das ameaças cibernéticas, é essencial que as organizações estejam preparadas para proteger seus dados. Nesse contexto, o SOC (Security Operations Center) entra como parte importante desta operação.

Saiba o que é um SOC e quais vantagens pode trazer para sua empresa.

O que é um SOC?

Um SOC é um centro de operações dedicado à segurança cibernética. É uma equipe altamente especializada e equipada com tecnologias avançadas para monitorar, detectar, analisar e responder a ameaças cibernéticas em tempo real.

Seu principal objetivo é proteger os sistemas de informação da organização contra ameaças digitais, zelando pela continuidade dos negócios e a integridade dos dados.

Entre suas principais funções, podemos destacar:

  • Prevenção
  • Detecção
  • Resposta a incidentes
  • Avaliação de vulnerabilidade

Leia também: Conheça 6 ataques cibernéticos e proteja sua empresa

A Importância de um SOC

Com o cenário de ameaças cibernéticas em constante evolução, um SOC desempenha um papel crítico na defesa proativa da infraestrutura de TI de uma empresa. Ele não apenas identifica e responde a incidentes de segurança em tempo real, mas também fornece inteligência valiosa para melhorar a postura de segurança da organização a longo prazo.

Além disso, um SOC ajuda a garantir conformidade com regulamentações de segurança cibernética e a proteger a reputação da empresa diante de possíveis violações de dados.

SOC e NOC: qual a diferença?

Quanto tratamos de SOC e NOC, é comum que surjam dúvidas sobre as diferenças entre esses termos.

Resumidamente, SOC (Security Operations Center) e NOC (Network Operations Center) são centros críticos para as operações de TI, mas têm focos diferentes.

Enquanto o SOC concentra-se na segurança da informação, dedicando-se à prevenção, detecção, análise e resposta a incidentes de cibersegurança, o NOC tem como objetivo garantir a disponibilidade, desempenho e eficiência da rede e da infraestrutura de TI.

O SOC, por sua vez, utiliza uma variedade de ferramentas de segurança, como sistemas de detecção de intrusão e softwares de gestão de eventos e informações de segurança, para monitorar e responder a ameaças cibernéticas.

Embora seja citada a utilização de ferramentas, é importante destacar que em um SOC as ferramentas fazem papel de coadjuvante, enquanto processos, play books, run books, matriz de responsabilidade e pessoas altamente qualificadas e engajadas, fazem o papel de protagonistas. Ou seja, ferramenta é importante, mas não o principal fator de sucesso.

Por outro lado, o NOC utiliza sistemas de monitoramento de rede e ferramentas de gestão de desempenho para identificar e resolver problemas de rede, como falhas de conectividade ou degradações de desempenho.

Portanto, embora ambos trabalhem com monitoramento e resposta, o foco do SOC é estritamente a segurança, enquanto o do NOC é a estabilidade e eficiência da rede e dos serviços de TI.

Leia também: Conheça a diferença entre MSP e MSSP

Como montar um SOC na sua empresa

Confira alguns pontos de atenção que podem te ajudar a implementar um SOC com mais eficiência:

Avalie as necessidades da sua empresa: é importante entender as necessidades específicas da sua empresa em termos de segurança cibernética. Isso inclui identificar os ativos críticos, avaliar os riscos e definir objetivos claros para o SOC.

Monte uma equipe qualificada: isso pode incluir analistas de segurança, engenheiros de segurança, analistas de incidentes e outros profissionais de segurança cibernética. Certificações relevantes, como CISSP, CEH e CompTIA Security+, podem ser um diferencial para os membros da equipe, por exemplo.

Implemente tecnologias de segurança: invista em tecnologias avançadas de segurança cibernética, como firewalls de próxima geração, sistemas de detecção e prevenção de intrusões (IDS/IPS), sistemas de gerenciamento de informações e eventos de segurança (SIEM) e soluções de análise de comportamento de usuário (UEBA).

Estabeleça processos e procedimentos: desenvolva e implemente processos e procedimentos claros para monitoramento, detecção, análise e resposta a incidentes de segurança. Isso inclui a definição de protocolos de comunicação, escalonamento de alertas e planos de contingência.

Monitore e aprimore continuamente: a segurança cibernética é uma jornada contínua. Monitore constantemente a eficácia do seu SOC, analise incidentes passados ​​para identificar áreas de melhoria e esteja sempre atualizado com as últimas tendências e ameaças cibernéticas.

Consulte um fornecedor especializado: garanta que sua empresa passe por um processo de implementação segura, com a consultoria e apoio necessário para guiar cada etapa. Conheça a solução de SOC da Belago!

Em conclusão, o SOC é uma parte essencial da estratégia de segurança cibernética de uma empresa. Com isso, sua empresa estará preparada para enfrentar os desafios de segurança cibernética com mais maturidade e eficiência.

Dúvidas? Fale com nossos especialistas.

Compartilhe:
Escrito por Belago

Olá! Este artigo foi pensado, desenvolvido
e escrito pela equipe de especialistas da Belago. Esperamos que você tenha gostado :)

Conteúdo relacionado