BR  |   US

Conheça a diferença entre MSP e MSSP

Young it service man repairing computer

A preocupação com a segurança da informação é uma realidade. Assim, é cada vez mais comum nos depararmos com termos como MSP e MSSP no universo corporativo. Mas, você conhece a diferença entre eles?

Imagem: Freepik

Com siglas parecidas, é comum que os dois termos sejam confundidos por muitas pessoas. Por isso, vamos entender melhor as diferenças entre estes serviços e como cada um deles pode ser aplicado no seu negócio, já que são fundamentais para a sua eficiência e proteção.

O que é MSP?

O MSP (managed service provider, ou provedores de serviços gerenciados, em português) oferece uma gama variada de serviços de TI para empresas. Do mesmo modo, seu escopo abrange desde monitoramento de sistemas e suporte técnico até a gestão proativa de infraestrutura.

Esses serviços podem incluir a manutenção de servidores, backup de dados, atualizações de software e suporte ao usuário. Resumidamente, um MSP atua como um braço externo de suporte de TI, garantindo que as operações tecnológicas de uma organização funcionem de maneira eficiente.

O que é MSSP?

Já o MSSP (managed security service providers, ou provedor de serviços gerenciados de segurança, em português) é focado na segurança da informação, protegendo os ativos digitais de uma empresa contra ameaças cibernéticas. Desta forma, suas responsabilidades incluem monitoramento de rede, detecção de ameaças, resposta a incidentes e implementação de medidas de segurança proativas.

Os MSSPs utilizam ferramentas avançadas, como firewalls, sistemas de detecção de intrusão e análise de comportamento de rede, para garantir que as organizações estejam protegidas contra ameaças cada vez mais sofisticadas.

Integração entre MSP e MSSP

Embora MSPs e MSSPs tenham funções distintas, a integração desses serviços pode resultar em uma abordagem abrangente para a gestão de TI e segurança da informação. Ou seja, a parceria entre esses provedores pode oferecer às empresas uma solução completa, garantindo não apenas a eficiência operacional, mas também a proteção robusta contra ameaças cibernéticas.

Em última análise, ao compreender as diferenças entre os dois, as organizações podem tomar decisões informadas sobre como moldar sua estratégia de tecnologia da informação e segurança. Em outras palavras, essa compreensão aprofundada permitirá que as empresas enfrentem os desafios digitais com mais confiança.

Dicas para implementação de MSP e MSSP

Como vimos, a implementação de ambos pode ser uma estratégia inteligente para otimizar operações de TI e garantir a segurança da informação do seu negócio.

Está pensando em investir em MSP e MSSP?

Contate um profissional especializado e fique de olho nesses pontos:

1. Avaliação das necessidades da empresa

Antes de tudo, analise as necessidades de TI e segurança da informação da sua empresa.

Identifique as áreas específicas que podem se beneficiar do suporte de um MSP, bem como gerenciamento de servidores, suporte ao usuário, e outros serviços de TI.

Além disso, em conjunto com um especialista em cibersegurança, avalie os riscos enfrentados pela sua empresa para determinar o nível de serviços necessários de um MSSP.

2. Seleção de fornecedores

Pesquise e selecione fornecedores de MSP e MSSP confiáveis e experientes. Liste suas dúvidas e agende uma conversa com o time comercial para que todas sejam esclarecidas.

3. Planejamento estratégico

Desenvolva um plano estratégico claro para a implementação de serviços de MSP e MSSP.

Estabeleça metas e objetivos específicos, tanto para a eficiência operacional quanto para a segurança da informação.

Alinhe as expectativas internas com os serviços oferecidos pelos provedores, garantindo uma compreensão clara dos benefícios esperados.

4. Integração de serviços

Facilite uma integração perfeita entre os serviços do MSP e MSSP, garantindo que haja uma colaboração eficaz entre gerenciamento de TI e segurança.

Certifique-se de que os sistemas de monitoramento e detecção de ameaças estejam integrados para uma resposta rápida a incidentes.

5. Treinamento da equipe

Proporcione treinamento para a equipe sobre como interagir com os serviços, garantindo que todos atuem de acordo com as recomendações e boas práticas.

6. Monitoramento contínuo

Estabeleça procedimentos para monitoramento contínuo de serviços prestados pelos MSP e MSSP.

Implemente métricas e KPIs para avaliar regularmente a eficácia dos serviços e garantir que eles atendam às expectativas.

7. Revisões periódicas

Realize revisões periódicas de desempenho e eficácia dos serviços prestados pelos fornecedores.

Esteja aberto a ajustes e melhorias contínuas nos serviços com base nos resultados das revisões.

8. Comunicação transparente

Mantenha uma comunicação transparente com os fornecedores e com a equipe interna, garantindo que qualquer problema seja abordado prontamente.

Estabeleça canais claros de comunicação para facilitar a resolução rápida de problemas.

Se interessou? Conte com a ajuda especializada da Belago!

Compartilhe:
Escrito por Belago

Olá! Este artigo foi pensado, desenvolvido
e escrito pela equipe de especialistas da Belago. Esperamos que você tenha gostado :)

Conteúdo relacionado