BR  |   US

Como atuar de acordo com as principais diretrizes da LGPD?

Black woman, business and startup portrait with reflection, smile and happy with entrepreneur, ceo and professional mockup. Executive, leadership and pride, career goals and female business owner

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor em setembro de 2020 com o objetivo de proporcionar maior segurança e privacidade aos dados pessoais.

Sua importância vai além da conformidade legal. Esta legislação reflete a necessidade de as empresas tratarem os dados de seus clientes e parceiros de maneira ética e responsável.

Vamos conversar sobre a relevância da LGPD?

Como funciona a LGPD?

Imagem: Freepik

A LGPD representa um marco significativo no cenário de proteção de dados. Ela dá aos indivíduos o controle sobre suas informações pessoais, enquanto estabelece diretrizes claras para as empresas coletarem, processarem e armazenarem dados.

Além disso, visa criar um ambiente mais transparente e confiável, em que trata-se da privacidade dos dados com mais seriedade.

Sendo assim, cumprir suas regras evita possíveis multas e ajuda a construir confiança do público em relação à sua marca.

Principais práticas para atuar de acordo com as diretrizes da LGPD

  • Entenda quais dados pessoais sua empresa coleta, onde estão armazenados e como são processados

Mapeie e identifique riscos para garantir que o seu tratamento de dados seja realizado de acordo com as diretrizes da LGPD.

  • Obtenha consentimento explícito dos titulares dos dados

Explique claramente para quais finalidades os dados serão usados e permita que seus titulares os revoguem a qualquer momento.

Aposte em medidas que envolvem criptografia, firewalls, sistemas de detecção de intrusões e práticas de gestão de acesso.

  • Crie políticas de privacidade claras, acessíveis e atualizadas

Explique como sua empresa coleta, usa e compartilha dados, conforme um requisito legal. Tais políticas devem ser revisadas regularmente para refletir com precisão as práticas atuais da organização.

  • Treine e conscientize sua equipe

Certifique-se de que todos os membros da equipe estão cientes das regras e diretrizes para lidar com os dados adequadamente.

  • Avalie o impacto de privacidade (AIP)

Realize AIPs para avaliar os riscos associados ao processamento de dados. Com esta abordagem proativa, identifique e mitigue possíveis problemas antes que ocorram.

  • Nomeie um encarregado de proteção de dados (DPO)

Escolha um profissional DPO, que ficará responsável por supervisionar a conformidade com a LGPD, além de atuar como ponto de contato com as autoridades reguladoras.

Por que atuar em conformidade com a LGPD?

A LGPD não é apenas uma obrigatoriedade legal, mas também um reflexo das expectativas crescentes em relação à privacidade dos dados. Em síntese, adotar práticas de conformidade robustas protege as empresas de multas substanciais, assim como reforça a confiança dos clientes e parceiros.

Precisa de ajuda para atuar de acordo com as principais diretrizes da LGPD? Conte com nossos especialistas em cibersegurança!

Compartilhe:
Escrito por Belago

Olá! Este artigo foi pensado, desenvolvido
e escrito pela equipe de especialistas da Belago. Esperamos que você tenha gostado :)

Conteúdo relacionado